ENVIEM-NOS AS VOSSAS FOTOS E VIDEOS DO DIA 12 PARA O EMAIL: GERACAOARASCA@GMAIL.COM

PARA QUEM NÃO CONSEGUIU ENTREGAR AS FOLHAS A4: ENVIEM PARA GERACAOARASCA@GMAIL.COM

OBRIGADO A TODOS!🙂

Esta entrada foi publicada em Contacto. ligação permanente.

17 respostas a

  1. Pedro diz:

    Eu voto em branco!!!

  2. Nelson Brito diz:

    “Toda revolução foi, a principio, uma ideia no cérebro de um homem.”
    (Ralph Waldo Emerson)

  3. Sónia Gomes da Silva diz:

    Caríssimos,

    Saquem as minhas, alojadas no Facebook. Já têm o meu contacto (no formulário deste post), se quiserem alguma em especial com maior resolução, é só pedir.

    http://www.facebook.com/home.php#!/album.php?aid=97045&id=1071502656&fbid=1763606364572

    Até à próxima!

  4. Marina Passos diz:

    Boa tarde a todos.
    Tenho 27 anos, estou desempregada, tenho 1 filho para criar e sustentar e estou a meio de uma licenciatura em Gestão. A licenciatura está a meio, porque uma vez que vivo com os meus pais e o Governo acha que 1200€ por mês (provenientes do trabalho dos meus pais) é muito para sustentar 4 cabeças, por isso não me concede bolsa de estudo e eu não detenho os recursos necessários para concluir o curso. Não tenho direito a subsidios, porque os meus trabalhos foram sempre em Part-time. Até o abono do meu filho me foi retirado e a pensão de alimentos…nem vale a pena comentar!!! Os trabalhos que encontro, tem 15 dias de experiencia não remunerados e no final dos 15 dias inevntam uma desculpa para mandar embora, ou então tem que se pagar a formação, de aproximadamente 500€ e no final dizem que não corresponde ao perfil e ficaram com o nosso €€€. Ou, trabalhamos a recibos verdes, 50h por semana e quer ganhe ou não tem que descontar!!! Tudo isto, é no minímo, vergonhoso!!!
    Pelo pouco que sei de economia, entendo que se trata de um ciclo, portanto o que eu sugeria como medidas para levantar o país, é o seguinte:
    1ª) Aumentar o salário minímo para 900€, mas manter a inflação nos produtos. Pois, isto ficou mais negro, com a entrada do €uro, porque tudo que consumimos passou para o dobro do preço…excepto, claro, os salários.
    2ª) Tendo o povo um salário minímo de 900€, inicialmente iria usar o € para equilibrar o orçamento familiar e divídas, mas depois dessa fase iria consumir mais, pois ja teria poder de compra, se os preços se mantivessem.
    3ª) Uma vez que o povo iria consumir mais, as empresas iriam precisar de mão-de-obra para satisfazer essa procura. Ao precisar de mão-de-obra, haveria menos desemprego.
    Ou seja, como conclusão, as famílias ganhavam mais…mas, as empresas também ganhariam!!!

    Outra das medidas, seria alterar os requisitos para a reforma. Pois, o Governo tomou a medida de aumentar a idade da reforma, para poupar nas pensões. Mas, por outro lado, gasta o mesmo dinheiro ou mais a pagar a desempregados, que não tem trabalho porque as pessoas que já deviam estar a gozar a reforma com o dinheiro que descontaram para tal…ainda estão a trabalhar!!!

    Isto, são apenas algumas ideias, de uma mãe solteira, que ainda não terminou a licenciatura porque não tem € para isso, que está desempregada sem direito a nenhum subsídio, que ainda vive na casa dos pais e que se não fossem os pais com os precários 600€ que ganham cada um, já teria morrido à fome juntamente com o filho.

    Espero, sinceramente que alguém nos ouça…

  5. Como já existe o espaço que criaram no fórum, epara não sobrecarregar a V caixa do correio, deixo ficar link para as 3 imagens que captei no Sábado: http://www.flickr.com/photos/monica_andre/tags/gar/

    A nosso capacidade de nos fazermos ouvir passa também pela nossa capacidade de manter um pólo/espaço agregador de tudo o que se está a passar em diversos espaços.

    IMHO o facebook não será das melhores soluções pois tem diversos entraves, tais como a impossibilidade de se localizarem rapidamente contributos, de classificar facilmente o tipo de contributo (tags, por exemplo)…

    A envergadura dos contributos que se estão a receber está a pedir uma solução mais alargada e que mostre o pulsar do que se está a passar. O FB não é bom nisso pois vai enterrando proposta bastante interessantes. Estou disponível para contribuir para estas questões.

    Obrigada,
    Mónica

  6. sugestão diz:

    O principal problema do país são as avultadas verbas desviadas pela corrupção e trafego de influencias. Somando isto a uma justiça que não funciona…

    Esta manifestação deveria ter sido a favor da reformulação do sistema politico! Como?
    Pedindo que as nomeações de deputados, em vez de serem à consideração dos partidos sejam à consideração do país. Ou seja, quando se vota no primeiro ministro vota-se também no representante de uma região (Lisboa, Porto etc). Aos cidadãos é fornecido, por exemplo online, o curriculo academico e profissional detalhado dos candidatos (incluindo comprovativos) e ainda o cadastro criminal. (nada mais do que se exige a todos os funcionarios publicos).
    Os candidatos são obrigados a fornecer dados das suas contas bancárias e rendimentos e são impedidos de deter contas off-shore, assim como da familia mais próxima.
    Desta forma, facilitava-se a escolha de pessoas pelo povo, de acordo com as suas competencias e não amizades, e procurava-se conter a corrupção.

  7. Podem recolher links de blogs relacionados com o tema, aqui:

    http://links.sapo.pt/tag/deolinda

  8. Francisca diz:

    Acabei de vos enviar mais um E-mail com a hiperligação da minha segunda folha A4.

    Assunto: A relação entre GOP e Orçamento de Estado para 2011

    https://docs.google.com/document/d/1Pr-LyEc90b40kDM2oO5IZ6zbrKsutYhQKygeKI_SLTY/edit?hl=pt_PT

  9. Eduardo Louro diz:

    É o início, sinto-lo. Foi a 1ª vitória, duma batalha alegre. Esta guerra começou, mas os vencedores serão quem sempre ganha: o povo!
    Todos estamos de parabéns! Gostei de ver (apesar de ser felicidade muito contida) bandeiras de extrema-direita e de extrema-esquerda desfraldadas juntas no desfile, unas num objectivo.
    E agora, faço esta pergunta: Quo vadis?

  10. José Pedrosa diz:

    Quero só aproveitar para deixar a minha folha A4! e lançar o repto de colocar aqui várias petições com soluções evidenciadas pela população!

    Exmos. Senhores e Senhoras
    Hoje em dia são cada vez mais evidentes as dificuldades que os jovens, os pais dos jovens e até os avós dos jovens passam. Dificuldades criadas por uma conjuntura governativa que mais não faz do que agravar as condições precárias de milhares de pessoas.
    Eu sou um jovem com 24 anos, Licenciado em Ciências da Comunicação e estou no desemprego há 4 meses. O Centro de Emprego diz que “não há nada nesta área, tenta procurar por ti”. Depois de um estágio profissional que sabia à partida que não teria oportunidade de ficar, procuro o meu lugar ao sol com o pensamento que o cenário está negro. E negro por políticas nocivas que se agravam ainda mais por falta de fiscalização, permitindo assim abusos em muitos locais.
    Ao nível de soluções para este cenário aponto apenas duas:
     Implementar objectivos para a classe política e sector público. Só com objectivos cumpridos é que se atinge a competência. Basta de demagogia! Basta de promessas! Basta de mentira! E ainda mais importante, principalmente na classe política, quem não cumprir os objectivos fica impedido para sempre de exercer cargos políticos ou cargos públicos!
     Eliminar a burocracia para a criação de empresas. Hoje em dia, um jovem que avance com um projecto empreendedor é constantemente dificultado por processos, por papéis, por prazos, enfim por diversas situações que dificultam a sua iniciativa. Se não conseguimos empregos, temos de criar e para criar é preciso mais facilidades.
    Termino para lembrar que vocês levaram com o nosso voto por isso trabalhem e façam por merecer outro futuramente. Portugal é o melhor país do mundo! Vamos em frente…
    Porto, 12 de Março de 2011

  11. Joana diz:

    obrigada, nós !🙂

  12. Francisco diz:

    Bom dia, que o problema do país reside em dois factores.
    1 – Falta de direitos do consumidor.
    2 – O mau funcionamento dos tribunais.
    3 – Contratos de trabalho.
    1.1 – Se juntarmos as pessoas todas que se manifestaram ontem, e movermos uma acção popular contra a BRISA, EDP, PT, BANCOS, CAMARAS MUNICIPAIS, pelo desrespeitos da qualidade de serviço a que estão obrigados e pelas atrocidades que cometem contra os consumidores. Vocês verão que os políticos mudam logo, o lobby da Maçonaria e da Carbonária ficam logo de é atrás.
    1.2 A exigência de qualidade nos serviços, obriga a contratar mais pessoas ao invés do que a PT esta a fazer que é despedir, para os que ficam fazerem mais com menos recursos. Mas depois quem paga a factura são os consumidores com uma péssima qualidade de serviço.
    1.3 Isto irá provocar que estas empresas contratem em vez de despedir.
    2.1 – Todas a acções em tribunal por parte de particulares contra empresas em que o valor seja inferior a 1000€, estas acções devem ser gratuitas. Vocês verão o país a começar a funcionar.
    3.1 – Se os políticos querem liberalizar o mercado de emprego proponho o seguinte:
    3.1.1 – Contra laboral para quadros da empresa – Sálario mínimo 600€
    Contra laboral a termo mais de 3 anos – Sálario mínimo 800€
    Contra laboral a termo menos de 3 anos – Sálario mínimo 1000€
    Contra laboral contrata hoje despede amanha – Sálario mínimo 1300€

    VOCÊS VERÃO logo os patrões a escolher o mais baixo……..

    • Joaquim Correia diz:

      Francisco, concordo com tudo. Achei as ideias muito práticas e simples de concretizar. Gostei particularmente do ponto 3. Parece-me justo e acho que seria de facto uma forma pragmática de colocar as empresas a preferir fazer contratos estáveis. Se optassem por precaridade teriam que pagar a factura.
      Prabéns pela clareza e sentido prático!

  13. Estão de parabéns! Vemo-nos nas ruas😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s